Pode levar cachorro nas praias de Bombinhas?

Pode levar cachorro nas praias de Bombinhas?

admin admin 03/12/2020 0 Comments Dicas

Apesar de parecer uma ideia legal, levar o seu bichinho para conhecer a praia não é uma boa opção. Além de ser proibido passear com cachorro nas praias de Bombinhas, há diversas outras razões que justificam não ser uma boa ideia expor os animais a esse ambiente. Os animais domésticos podem ser responsáveis pela transmissão de doenças, além de estarem expostos a diversas outras. Então, entenda mais sobre as limitações dos pets nas praias de Bombinhas:

 

Praias de Bombinhas possuem selo Bandeira Azul

Como já destacamos no nosso artigo Bandeira Azul nas praias de Bombinhas, este é um programa internacional que reconhece as melhores praias que possuem responsabilidade social e ambiental do mundo. Em Bombinhas, duas praias do município foram aprovadas na temporada 2019/2020: Mariscal e Quatro Ilhas. Entretanto, uma das regras para a aprovação no programa é a proibição de passeios com animais domésticos como cachorros e gatos na praia.

 

Programa Bandeira Azul proibi cachorro nas praias de Bombinhas. Fonte: Pixabay.
Programa Bandeira Azul proibi cachorro nas praias de Bombinhas. Fonte: Pixabay.

 

Por que é proibido passear com cachorro nas praias de Bombinhas?

Mesmo que a saúde do seu bichinho esteja em dia, o contato dos animais com a mesma areia que interagimos pode proporcionar uma série de riscos para a nossa saúde. É preciso lembrar até mesmo os pets saudáveis podem ser transmissores de doenças para os seres humanos – principalmente quando dividimos o mesmo espaço como a areia.

Além disso, a proibição de cachorro nas praias de Bombinhas vai muito além dos riscos a saúde humana. Ao frequentar a praia, os próprios animais domésticos estão expostos a problemas que não teriam fora do local. É o caso da dilofilariose canina, queimaduras nas patas e focinho e infecções e úlceras nos ouvidos dos bichinhos.

 

Riscos à saúde humana

O bicho do pé é um dos exemplos de casos que podemos contrair ao dividir o espaço na areia com os animais domésticos. É uma espécie de pulga que cachorros e gatos podem espalhar na areia até que entrarem em contato com a pele humana – normalmente os pés. Depois de se alojar entre os dedos e as unhas, se alimentam da pele até causarem grandes feridas. O problema é facilmente identificável pelos sintomas: coceira, vermelhidão e lesões no local. O tratamento é feito com pomada antiparasitária e pode exigir antibióticos, além de utilizar uma agulha ou pinça esterilizada para tirar o inseto da pele.

O bicho geográfico é outro risco que corremos ao entrar em contato com a mesma areia que os animais doméstico. Ele está presente no intestino e nas fezes dos cachorros e gatos e, assim como o bicho do pé, entram em contato com a pele e caminham por dentro dela. Ao contrário do bicho do pé, no entanto, nesse caso não é possível retirar a lavar com agulha ou pinça esterilizada. O tratamento é feito com pomada e aplicação de gelo no local. Melhora entre seis e oito semanas.

 

Pets também correm riscos ao frequentar a praia

A praia é um ambiente que, naturalmente, não possui muita sombra. Quando pensamos nisso, o que geralmente se esquece é que os nossos pets também sofrem com os raios UV. Se muito tempo expostos ao sol, podem sofrer queimaduras no focinho, patas e orelhas. E, ao contrário dos seres humanos, eles não possuem artifícios como protetores solares e loções pós sol.

Para finalizar, a água do mar também pode causar malefícios aos animais domésticos. Quando em contato com os olhos e ouvidos deles, podem causar alergias e inflamações, além de conjuntivite. Em casos extremos, até úlceras nos olhos.

 

Seu pet pode não visitar a praia, mas viajar com ele é uma ótima ideia

Apesar das visitas com seu animal de estimação na praia estarem completamente inviabilizadas, é uma ótima ideia trazer o seu pet para passar os seus dias de férias em um local diferente. Os bichinhos domésticos são conhecidos por trazer alegria e unir as famílias: é claro que eles devem ser incluídos em viagens de lazer e descanso.

Bombinhas conta com locais especiais onde a presença dos animais domésticos é muito bem-vinda. As praias de Bombas e Mariscal, por exemplo, possuem calçadões à beira-mar perfeitos para um passeio com cachorros. Então lembre-se de levar uma sacolinha para recolher as necessidades do seu bichinho e manter a limpeza do local.

 

Há calçadões especiais onde você pode passear com seu cachorro nas praias de Bombinhas. Fonte: Pixabay.
Há calçadões especiais onde você pode passear com seu cachorro nas praias de Bombinhas. Fonte: Pixabay.

 

Além disso, o município possui pousadas pet friendly. É o caso da Pousada Villa Maciel, próxima a Praia de Quatro Ilhas. Animais domésticos de pequeno e médio porte são bem-vindos. Garantindo, assim, as férias de todos os integrantes da família (afinal, eles também fazem parte dela)!

 

 

Trata toda a sua família e seu pet para dias especiais na península de Bombinhas. Faça uma reserva antecipada na Pousada Villa Maciel e garanta as melhores ofertas de hospedagem em Bombinhas.

0 Comments

Leave your reply